Saturday, October 21, 2017

As 10 Maiores Regravações de Mariah Carey!


     Mariah Carey em toda a sua carreira sempre gostou de homenagear seus ídolos favoritos.
A equipe do #MNW traz para vocês o ranking das 10 maiores regravações de sua carreira:

Without You

     A versão original é da banda Badfinger de 1970 ao qual Carey regravou para seu álbum de maior sucesso comercial o Music Box de 1993. 
A canção veio a se tornar um gigantesco sucesso internacional e muitos acreditam que a canção seja sua devido a maestria de sua interpretação colossal com vocais estratosféricos além de ser o seu 2° single mais vendido de sua carreira.

I'll Be There

     A versão original é dos The Jackson 5 de 1970 que foi gravado por Carey em 1992 no maior tapa na cara da crítica\mídia que duvidavam do poder impar de sua voz no MTV Unplugged
     A canção foi para o topo do hot 100 colocando Carey numa lista seleta de regravações que atingiram o top.

Againt All Odds ( Take A Look At Me Now)

     A versão original é de Phill Collins de 1983, foi regravada por Mariah em 1999 para o álbum Rainbow
     A versão de Carey consegue ser ainda mais transcendente e emocionante que a versão original, teve um enorme sucesso na Europa sendo um dos seus hits mais populares por lá.

I Still Believe + Remix

     A interprete original é Brenda k. Starr de 1988, foi regravada para a compilação de sucessos #1's em 1998. 
     A canção foi homenagem de Carey a Brenda que incentivou a sua carreira quando Carey era sua backing vocal. 
     A versão original do vídeo contém homenagem e referências a Marilyn Monroe e o remix é puro êxtase de genialidade.

Open Arms

     Um sucesso da banda Journey de 1982, MiMi regravou  e obteve sucesso moderado no US, mas no Reino Unido foi aclamada.
     Uma canção na voz de Carey tende a ganhar novos ares e interpretações que nem as originais são capazes de realizar.

The Beautiful Ones

     A versão original é de Prince de 1983, Mariah Carey regravou para seu 2° álbum mais aclamado de sua carreira o Butterfly de 1997. 
     É uma das melhores do álbum e foi deixada de lado, todos nós esperamos que na sua tour de 2018  ela nos dê o tão sonhado live deste hino atemporal.

I Want To know What Love Is

     É um clássico dos anos 80, a versão original é da banda Foreigner. Carey regravou para a sua releitura do seu álbum favorito Butterfly de 1997 no Memoirs Of An Imperfect Angel de 2009. 
     A canção foi um enorme sucesso aqui no Brasil e detém o recorde de 27 semanas no topo.

Do You Know Where You're Going To

     A versão original é de Diana Ross de 1975, foi regravada por Mariah para seu compilado de sucessos #1's de 1998. 
     Mas uma vez Carey mostrou o quão genial suas interpretações são,  sua versão é predominante nas rádios do Brasil.

Joy To The World

     Uma música popular do natal original de Isaac Watts de 1719, foi regravada por Carey em 1994 no seu álbum icônico Merry Christmas que é entoando até hoje. 
     A canção é baseada no Salmo 98, 96 e Genesis 3. 
     Só a introdução que Carey nos dá com essa canção faz todos os fãs entrarem em êxtase e os haters surtarem todos os anos.

10° O Holy night

     Um clássico do natal, original de Adolphe Adam de 1847 que Carey regravou para seu icônico Merry Christmas de 1994. 
     A canção veio a se tornar a versão mais popular e conhecida na voz de Carey quem vem com uma interpretação estratosférica de puro talento e emoção que é cantada todos os anos.

     #MNW existem outras regravações que também são épicas e colossais porém ela estarão em outro ranking especial.