Friday, November 18, 2016

Number 1's


     O título correto deste artigo é #1's é um álbum de Mariah Carey. A substituição ou omissão do sinal # ocorreu devido a restrições técnicas.

      #1's é o primeiro álbum de grandes êxitos de Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 17 de novembro de 1998, através da Columbia Records. O álbum apresenta todos os então treze singles de Carey que lideraram a Billboard Hot 100, contidos em todos os seus álbuns de estúdios anteriores, Mariah Carey (1990), Emotions (1991), Music Box (1993), Daydream (1995) e Butterfly (1997). Além de seus trabalhos anteriores, incluiu quatro novas canções, "Sweetheart", "When You Believe", "I Still Believe" e "Do You Know Where You're Going To". Juntamente com a própria artista, Jermaine Dupri, Babyface, Walter Afanasieff, Sean Combs, The Ummah, Stevie Jordan, Manuel Seal, Dave Hall, David Cole, Robert Clivillés, Narada Michael Walden, Ric Wake, Rhett Lawrence e Mike Mason foram os profissionais que fizeram parte da produção do disco. Inclui também participações especiais de Dupri, Whitney Houston, Brian McKnight, Boyz II Men, Ol' Dirty Bastard e Trey Lorenz. Musicalmente, incorpora estilos musicais como o R&B, pop e o soul.

     Apesar de mostrar as características de um álbum de grandes êxitos comum, MiMi expressou insatisfação na escolha das canções, o que ela chamou de uma grande coleção de seus singles mais comerciais. Carey sentiu que se #1's era um álbum de grandes êxitos tradicional, o trabalho deveria incluir outras músicas que não atingiram o número um, mas que eram muito mais importantes em sua carreira. Ela manifestou diversas vezes a sua frustração com a escolha das faixas no álbum, expressando seu desapontamento com a omissão de suas canções favoritas. No Japão, o álbum também incluiu "All I Want for Christmas Is You", que permanece como o single mais vendido de Mariah na região. A compilação obteve análises mistas da mídia especializada, em que diversos resenhadores foram ambivalentes em relação ao novo material e a decisão de incluir apenas canções que atingiram a primeira posição nos Estados Unidos. Comercialmente, debutou na quarta posição da tabela estadunidense Billboard 200, enquanto conquistou a liderança nas tabelas do Japão e as dez melhores colocações em diversos países, como a Austrália, a Áustria, o Canadá e a Espanha. No Japão, a compilação permanece como o álbum mais vendido por uma artista não-asiática no país, comercializando mais de três milhões de cópias em apenas três meses após o seu lançamento. Na Europa, foi certificado como dupla platina pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, denotando vendas de mais de dois milhões de unidades em território europeu. Mundialmente, faturou mais de 18 milhões de exemplares vendidos.

     "Sweetheart", o primeiro single extraído do trabalho, conta com a participação de Jermaine Dupri e conquistou um desempenho moderado comercialmente devido ao seu lançamento limitado. Jermaine Dupri e Mariah Carey co-produziram o cover de "Sweetheart" para o álbum de estréia de Dupri, Life in 1472 (1998) e também foi incluída no álbum de compilação de Carey, #1's, depois aparecendo também em Greatest Hits e The Remixes Foi programado para a liberação como o segundo single de Life in 1472, em 1998 e foi concebido para ser um tratamento completo, com a fabricação de CD singles comerciais e maxi-singles do CD (entre outros formatos). Sony Music Entertainment recolheu o single comercial no último minuto, e nunca foi oficialmente lançado. Algumas lojas receberam os singles comerciais, e muitos deles foram vendidos.


         O segundo, "When You Believe", apresenta Whitney Houston e foi incluído na trilha sonora do filme The Prince of Egypt, recebendo um Oscar de Best Original Song. Obteve um bom desempenho comercial, classificando-se entre as dez melhores posições na Bélgica, na França, nos Países Baixos e no Reino Unido. As vendas de #1's foram muito mais altas do que havia sido planejado pela gravadora. Graças ao seu sucesso comercial e ao seu reconhecimento, a compilação foi creditada por influenciar os lançamentos de álbuns de grandes êxitos de artistas de outras décadas.