Monday, November 21, 2016

Novos Setores Foram Adicionados em seus Concertos no Havaí


    Um número limitado de assentos foram liberados para todos os três de Mariah Carey mostra no Blaisdell Arena próxima semana, anunciou o promotor Rick Bartalini.

     A disponibilidade de assentos para os concertos de "Sweet Sweet Fantasy" na quarta-feira, 25 de novembro e 26 em 20:00 - é a primeira mostra da cantora em 18 anos - tinha sido principalmente seus Singles, nesse novo lote inclui duas classes de assentos: Os assentos na Pista variam de preço de US $ 255,50 para US $ 460 e os assentos de nível superior custando US $ 65,50.

     Jussie Smollett, estrela de "Empire", que irá abrir o Shows de Carey, que fez uma aparição na trama musical da Fox no mês passado.

Fonte: Honolulu Star Advertiser



Friday, November 18, 2016

Number 1's


     O título correto deste artigo é #1's é um álbum de Mariah Carey. A substituição ou omissão do sinal # ocorreu devido a restrições técnicas.

      #1's é o primeiro álbum de grandes êxitos de Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 17 de novembro de 1998, através da Columbia Records. O álbum apresenta todos os então treze singles de Carey que lideraram a Billboard Hot 100, contidos em todos os seus álbuns de estúdios anteriores, Mariah Carey (1990), Emotions (1991), Music Box (1993), Daydream (1995) e Butterfly (1997). Além de seus trabalhos anteriores, incluiu quatro novas canções, "Sweetheart", "When You Believe", "I Still Believe" e "Do You Know Where You're Going To". Juntamente com a própria artista, Jermaine Dupri, Babyface, Walter Afanasieff, Sean Combs, The Ummah, Stevie Jordan, Manuel Seal, Dave Hall, David Cole, Robert Clivillés, Narada Michael Walden, Ric Wake, Rhett Lawrence e Mike Mason foram os profissionais que fizeram parte da produção do disco. Inclui também participações especiais de Dupri, Whitney Houston, Brian McKnight, Boyz II Men, Ol' Dirty Bastard e Trey Lorenz. Musicalmente, incorpora estilos musicais como o R&B, pop e o soul.

     Apesar de mostrar as características de um álbum de grandes êxitos comum, MiMi expressou insatisfação na escolha das canções, o que ela chamou de uma grande coleção de seus singles mais comerciais. Carey sentiu que se #1's era um álbum de grandes êxitos tradicional, o trabalho deveria incluir outras músicas que não atingiram o número um, mas que eram muito mais importantes em sua carreira. Ela manifestou diversas vezes a sua frustração com a escolha das faixas no álbum, expressando seu desapontamento com a omissão de suas canções favoritas. No Japão, o álbum também incluiu "All I Want for Christmas Is You", que permanece como o single mais vendido de Mariah na região. A compilação obteve análises mistas da mídia especializada, em que diversos resenhadores foram ambivalentes em relação ao novo material e a decisão de incluir apenas canções que atingiram a primeira posição nos Estados Unidos. Comercialmente, debutou na quarta posição da tabela estadunidense Billboard 200, enquanto conquistou a liderança nas tabelas do Japão e as dez melhores colocações em diversos países, como a Austrália, a Áustria, o Canadá e a Espanha. No Japão, a compilação permanece como o álbum mais vendido por uma artista não-asiática no país, comercializando mais de três milhões de cópias em apenas três meses após o seu lançamento. Na Europa, foi certificado como dupla platina pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica, denotando vendas de mais de dois milhões de unidades em território europeu. Mundialmente, faturou mais de 18 milhões de exemplares vendidos.

     "Sweetheart", o primeiro single extraído do trabalho, conta com a participação de Jermaine Dupri e conquistou um desempenho moderado comercialmente devido ao seu lançamento limitado. Jermaine Dupri e Mariah Carey co-produziram o cover de "Sweetheart" para o álbum de estréia de Dupri, Life in 1472 (1998) e também foi incluída no álbum de compilação de Carey, #1's, depois aparecendo também em Greatest Hits e The Remixes Foi programado para a liberação como o segundo single de Life in 1472, em 1998 e foi concebido para ser um tratamento completo, com a fabricação de CD singles comerciais e maxi-singles do CD (entre outros formatos). Sony Music Entertainment recolheu o single comercial no último minuto, e nunca foi oficialmente lançado. Algumas lojas receberam os singles comerciais, e muitos deles foram vendidos.


         O segundo, "When You Believe", apresenta Whitney Houston e foi incluído na trilha sonora do filme The Prince of Egypt, recebendo um Oscar de Best Original Song. Obteve um bom desempenho comercial, classificando-se entre as dez melhores posições na Bélgica, na França, nos Países Baixos e no Reino Unido. As vendas de #1's foram muito mais altas do que havia sido planejado pela gravadora. Graças ao seu sucesso comercial e ao seu reconhecimento, a compilação foi creditada por influenciar os lançamentos de álbuns de grandes êxitos de artistas de outras décadas.


Friday, November 11, 2016

Verdades Ou Mentiras? Quando Saberemos? Ainda Não Sabemos!


     Mariah Carey usou um decote ousado em show no México. A cantora – que cancelou as apresentações que faria no Brasil, na Argentina e no Chile- exibiu em seu perfil em uma rede social o figurino usado em apresentação na noite desta terça-feira, 9. “Hora do show”, disse Mariah no Instagram. Ela fez show da turnê "Sweet Fantasy Tour" na Cidade do México.

     Mariah Carey escolheu um look decotado para badalar no último sábado, 5, nos Estados Unidos. Mas a cantora acabou passando por uma saia justa ao sair para jantar em um restaurante em Los Angeles. Ao posar para fotos para os paparazzi, Mariah acabou se descuidando e deixando parte de um dos seios à mostra.

     O ruidoso rompimento do noivado de Mariah Carey e James Packer está dando o que falar nos sites internacionais. A imprensa segue especulando sobre o motivo do término, que chegou à tona pouco depois da cantora anunciar o cancelamento de sua turnê pela América Latina. O representante da diva confirmou que o fim de seu noivado com o magnata australiano aconteceu há um mês após uma briga na Grécia.

     Entre as teorias sobre o que motivou a separação estão ciúmes do ex-noivo de um coreógrafo da cantora, os gastos excessivos de Mariah e até um possível comportamento agressivo por parte de James. Mariah e James começaram a namorar em meados de 2015 e ficaram noivos em janeiro de 2016.

     Já ao "E! Online", o representante de Mariah disse em um pronunciamento que "Mariah e James brigaram na Grécia e não se viram mais desde então. A briga não aconteceu por nenhuma alegação de traição ou gastos excessivos por parte de Mariah. James é um dos empresários mais bem sucedidos do mundo. Eles estão tentando resolver as coisas. Agora, eles não têm certeza se continuarão juntos. Eles estão conversando sobre isso, e planejam soltar um comunicado oficial juntos no futuro".

*Briga durante férias em iate na Grécia

     O site "TMZ" publicou que o casal estava de férias no iate do bilionário quando, segundo fontes próximas a cantora, Packer "fez algo muito grave" envolvendo o assistente dela. Mariah então deixou o barco imediatamente e voltou para Los Angeles, onde mora.

     Outra fonte próxima a ela contou a "Page Six" que "eles vêm passando por uma fase difícil, mas não é por causa dos gastos dela. MiMi tem trabalhado o tempo todo e ele tem estado fora do país cuidando de seus negócios. Eles tiveram uma briga na Grécia e não está claro se vão voltar. Apesar de surpresos com o rompimento abrupto, eles concordaram em suspender o casamento".

     Uma outra fonte próxima ao empresário disse que "James não está em seu melhor estado mental, ele está meio que nocauteado e está colocando pressão no relacionamento. Alguma coisa deu errado com o assistente de Mariah quando eles estavam no barco na Grécia. Não foi um incidente violento, mas fez com que Carey precisasse ir embora. Ela deixou James no barco e foi embora mais cedo. Eles não se falaram desde então. Eles terminaram e não sabem se vão voltar. Mariah está muito chateada que não deu certo, mas ela tem muito trabalho pela frente no momento e está em Los Angeles com os filhos, que são sua prioridade".

*Gastos astronômicos: US$ 100 mil em flores exóticas por mês

     Mais uma fonte disse que a separação aconteceu há exatas setes semanas: "As coisas já não estavam bem há um tempo. Ela vive em um mundo maluco". Um representante de Packer disse que as alegações sobre o estado mental do empresário envolvendo o incidente com o assistente da cantora são "inverdades".

     Por outro lado, o "Page Six" insiste que os gastos astronômicos da estrela teriam contribuído para o fim do relacionamento. De acordo com a coluna, ela gasta regularmente US$ 10 mil apenas para manter o cabelo e a maquiagem impecáveis além de manter padrões de rotina de uma verdadeira diva. "Champanhe de manhã e esse tipo de coisa. Uma vez ela compartilhou champanhe com todo o staff 10h", disse uma fonte. E completou: "O relacionamento sempre foi baseado em uma coisa: dinheiro, dinheiro, dinheiro". A cantora teria diversos hábitos extravagantes como gastar US$ 100 mil por mês em pedidos de flores exóticas do mundo todo aonde quer que ela esteja.

*Ciúmes de dançarino

     Outra teoria, segundo o "TMZ", é de que James Packer tenha tido uma crise de ciúmes por causa do dançarino Bryan Tanaka. O empresário teria começado a criar caso com o rapaz após Mariah ter feito uma dança no colo do dançarino em uma apresentação. Depois disso, ele passou a ser alvo dos ciúmes de Packer, que teria o confrontado nos bastidores de um show em que Tanaka não dançou por causa de uma lesão no joelho, mas compareceu mesmo assim para assistir ao espetáculo. O bilionário teria gritado com o bailarino, mas não se sabe se houve contato físico durante a discussão.



Sofre James Packer! Mariah Carey mais bonita do que nunca no México


     Há alguns dias atrás, Mariah Carey foi o centro das atenções devido à sua pausa retumbante com o magnata australiano James Packer , com quem já tinha planos de anel e o casamento do acoplamento. Depois do intervalo, foi anunciado que a diva teria cancelado algumas datas de suas apresentações na América Latina, mas, em seguida, a confusão apuradas e ela foi em frente com sua turnê Sweet Sweet Fantasy.
     A intérprete de "Touch My Body" deu um concerto na Cidade do México e surpreendeu os fãs porque aos seus 46 anos está com o coração partido, 'MiMi' estava fabulosa e pouco mais de uma hora, ele cantou seus maiores sucessos . A diva usou quatro mudas de roupa, e a maior atenção foi um Collant sensual vermelho paixão.

     Mariah fez movimentos incríveis de dança, com o qual ela fez amor para seus fãs e recebeu aplausos de mais de 10.000 torcedores que se reuniram para vê-la ao vivo. Embora, pessoalmente, não passando por seu melhor momento, ele parecia fantástico e revelou a ser gradualmente superar seu rompimento com Packer.

     A especulação de que algo estava errado entre ela e seu noivo começou a circular em outubro. Uma fonte próxima do empresário disse que já tinham acabado. "Eles não estão mais juntos. Eles romperam a algumas semanas atrás." O mesmo informante acrescentou que as diferenças entre eles teriam, porque levam estilos de vida diferentes; enquanto James prefere coisas menos extravagantes, Mariah tem uma vida de extravagância e luxo. "Alguns dos aspectos mais excêntricos de Mariah, especialmente os seus hábitos de gastar dinheiro, pode ter causado o drama entre o casal. James é a pessoa mais generosa que eu sei, mas não concorda em gastar dinheiro sem sentido , " disse ele.

     Depois do intervalo, o portal TMZ divulgou alguns e-mails em que o alegado acordo pré-nupcial que 'MiMi' e James tinham estabelecido foi revelado. Este documento nunca foi assinado, diz-se que a estrela molestado. Entre as cláusulas, incluiu o uso de aviões particulares de James, que ele teria que autorizar e consideradas necessárias.

Fonte: Hola! Magazine



Álbum: Merry Christmas II You


     Merry Christmas II You é o décimo terceiro álbum de estúdio de Mariah Carey, lançado no dia 2 de novembro de 2010, nos Estados Unidos e apresenta quatro canções originais, clássicos de todos os tempos de Natal e uma versão regravada de seu hit natalino de 1994, All I Want For Christmas Is You.

     "Oh Santa!" é o primeiro single do álbum de Natal. A canção foi produzida por Jermaine Dupri, Bryan-Michael Cox e Mariah. A canção estreou na AOL Music em 1 de outubro de 2010. Ela foi enviada para rádios e disponibilizados para download digital desde 11 de outubro 2010. O vídeo foi dirigido por Ethan Lader e foi filmado no início de outubro de 2010. "Oh Santa!" estreou no número um na Billboard's Holiday Digital Songs, dando Carey dois singles consecutivos no gráfico. A versão de 1994 original de seu hit de Natal, "All I Want for Christmas Is You", encontrando-se na segunda posição.

     "All I Want for Christmas Is You (Extra Festive)" É um relançamento do single de MC do ano 1994 do álbum Merry Christmas lançado apenas como um Extra Festive para o álbum. A canção entrou na Billboard no hot Holiday/seasonal Digital Songs, e depois teve uma re-entrada.

     "O Come All Ye Faithful/Hallelujah Chorus" É o primeiro single promocional do álbum. Na canção MiMi divide os vocais com sua mãe, Patricia Carey, onde as duas também lançaram um vídeo para a emocionante que teve mais de 700.000 acessos em suas primeiras horas que divulgado no YouTube, a música que foi inclusa no DVD promocional que acompanha o álbum.

     "When Christmas Comes" Não foi lançado como single. Mas, Mariah entrou com uma parceria com sua amiga B. Scott para fazer uma promoção no site youtube, B. Scott fez o vídeo da música, que teve boas recepção entre os fãs.



Thursday, November 10, 2016

Álbum: Rainbow


     Rainbow é o sétimo álbum de estúdio da cantora e compositora norte americana Mariah Carey. O seu lançamento ocorreu em 2 de novembro de 1999 pela Columbia Records. O álbum seguiu o mesmo padrão do anterior de Carey, Butterlfy (1997), em que ela começou sua transição para o estilo R&B. O disco possui uma mistura de gêneros como o hip hop e o R&B, bem como uma variedade de baladas lentas. No álbum, Mariah trabalhou com produtores como David Foster e Diane Warren, que substituiu Walter Afanasieff, principal produtor de baladas que trabalhou com a cantora em seus projetos anteriores. Com a separação de seu então marido Tommy Mottola, Carey teve mais controle no estilo musical do álbum, colaborando com cantores como Jay-Z, Usher e Snoop Dogg.

     Em seu álbum anterior Butterfly, MiMi incorporou estilos musicais até então inéditos em seu repertório musical, como o hip-hop e o R&B. Para ir além em seus horizontes musicais, a intérprete colaborou com Jay-Z no primeiro single do disco, sendo esta a primeira faixa de Carey a ser lançada como o primeiro single de algum disco contando com outro artista. MC compôs baladas em que seu gênero principal é o R&B e não o pop, e trabalhou com Snoop Dogg e Usher em músicas como "Crybaby" e "How Much", ambas contando com fortes batidas e ritmos de R&B. Diversas das baladas que Carey compôs durante o período de elaboração do disco, incluindo "Thank God I Found You" (junto com Terry Lewis) e "After Tonight" (junto com Diane Warren), refletem sentimentos que ela experimentou em sua vida pessoal.

     Rainbow recebeu revisões mistas por parte da mídia especializada, a qual prezou a contínua mudança do gênero adulto de seu passado. Entretanto, sua produção foi criticada por parte dos avaliadores, que sentiram que o álbum não era tão forte ou tão distinto como Butterfly. O disco obteve um bom desempenho comercial, liderando as tabelas musicais da Europa e da França, ao passo que qualificou-se entre os cinco álbuns mais vendidos na Alemanha, na Austrália, na Áustria, na Bélgica (região da Valônia), na Finlândia e na Suíça. Nos Estados Unidos, o projeto converteu-se no primeiro de Mariah Carey a não liderar a Billboard 200, estreando na segunda posição com vendas de 322 mil cópias em sua semana de lançamento. Foi certificado como platina tripla pela Recording Industry Association of America (RIAA), denotando vendas de 3,7 milhões de cópias do disco em território estadunidense em 1999. Na Europa, foi certificado como platina pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica (IFPI), vendendo mais de 1.9 milhão de cópias no continente. Atualmente o álbum Rainbow já possui vendas estimadas em mais de 12 milhões de exemplares vendidos em todo mundo.

     Cinco singles foram lançados do álbum: dois foram lançados internacionalmente, dois foram lançados promocionalmente e um foi lançado no continente europeu. O primeiro, "Heartbreaker", conta com a participação do rapper Jay-Z e tornou-se o décimo quarto single de Carey a liderar a tabela musical Billboard Hot 100, enquanto liderou as tabelas musicais do Canadá, da Espanha e da Nova Zelândia. O segundo single lançado foi "Thank God I Found You". Conta com a participação de Joe e 98 Degrees e foi o décimo quinto single de MiMi a atingir a primeira posição da tabela Billboard Hot 100. Os dois singles sucessores, "Can't Take That Away (Mariah's Theme)" e "Crybaby", foram laçados como um duplo lado A. Estas duas faixas foram centro de uma disputa pública entre Mariah e a Sony, devido a uma alegação de que a Sony não teria promovido estas duas canções como "Heartbreaker" e "Thank God I Found You" (o que estava claro para todos é que a sony queria desacelerar o sucesso da cantora para faze-la voltar ao passado controlador). "Against All Odds (Take a Look at Me Now)" — regravação da original interpretada por Phil Collins —, foi lançada apenas na Europa, liderando as tabelas musicais da Irlanda e do Reino Unido, sendo que no último país citado "Against All Odds (Look at Me Now)" tornou-se o segundo single de Carey a liderar a tabela UK Singles Chart. A artista promoveu Rainbow em sua quarta turnê (sendo sua segunda mundial), intitulada Rainbow World Tour. A turnê passou por países como a Espanha, a França, a Itália e a Singapura.



Tuesday, November 1, 2016

Álbum: Merry Christmas


     Merry Christmas é o primeiro álbum de natal e quarto álbum de estúdio de Mariah Carey, lançado em 1 de Novembro de 1994 pela gravadora Columbia Records. O álbum apresenta duas versões cover de canções populares de Natal, incluindo material original. No álbum, Mariah trabalhou com Walter Afanasieff, com quem ela escreveu todas as faixas originais, bem como produziu interpretações de covers. Com o lançamento de Merry Christmas, Carey provou ser uma artista, e não apenas uma cantora de música pop, como muitos falavam. O álbum contém um tema contemporâneo, e conta com "vocais de fundo gospel autênticos e saborosos".

     O álbum apresenta instrumentais de teclados, baixos, baterias, percussão e vocais de apoio pesados. A principal razão para usar estes instrumentos era para mostrar uma "igreja real e autêntica", dando a maioria das canções um som de natal. Após o seu lançamento, o disco recebeu críticas positivas e se tornou num sucesso a nível mundial. Os críticos de música contemporânea elogiaram os vocais edificantes da cantora, bem como as composições de Afanasieff. Dois singles foram lançados, sendo enviados para estações de rádio diferentes para fins promocionais.

     Merry Christmas foi lançado no auge do trecho inicial da carreira da cantora, entre Music Box (1993) e Daydream (1995). O álbum produziu o clássico single de natal mundial, "All I Want for Christmas Is You", que se tornou num tom de toque bem vendido nos Estados Unidos. O álbum vendeu 6.1 milhões de cópias somente nos Estados Unidos, de acordo com os dados lançados em 6 de dezembro de 2010 pela Nielsen SoundScan, e recebeu o certificado de platina seis vezes pela Recording Industry Association of America (RIAA). No Japão, Merry Christmas já vendeu mais de 3.5 milhões de cópias e é o segundo álbum mais vendido de todos os tempos por um artista não-asiático, atrás apenas de um outro álbum de Carey, #1's (1998). Merry Christmas já vendeu mais de 17 milhões de cópias em todo o mundo e é o álbum de Natal mais vendido de todos os tempos.