Friday, March 18, 2016

Mariah portou- se como uma verdadeira Diva

     Mariah Carey provou que ainda é a rainha das notas altas em seu primeiro concerto no Reino Unido em 13 anos.
     Estas notas agudas de arranha-céus são presas fáceis para esta mulher, que é considerada uma das melhores cantoras das últimas décadas.
     Começando a Sweet Sweet Fantasy Tour em Glasgow com o seu hit homônimo, ela chegou ao palco em cima de um trono sendo conduzida por homens bonitões sem camisa. No melhor estilo clássico Mariah Carey de ser.
     Ela fez uma mistura perfeita de seus grandes clássicos dos anos 90 e mais seus sucessos mais modernos.
     Ela brincou dando um ataque de diva dizendo que o spray para garganta que ela usou não funcionou.
     E a Mariah provocou a multidão na SSE Hidro, perguntando:


          “É verdade que os homens escoceses não usam nada por baixo dos kilts? Digam-me a verdade. Eu sou uma boa garota. Eu jamais irei conferir!”

     O ponto alto do show foi sua apresentação de Always Be My Baby, onde a diva estava usando um vestido rosa brilhante com clipes de seus filhos, os gêmeos Moroccan e Monroe, projetados no telão atrás dela.
     E quando ela cantou o seu dueto com Whitney Houston, When You Believe, depois de uma introdução emocionante que deixou todos aos prantos.


Mariah disse: “Nós todos amamos e sentimos falta da Miss Whitney Houston”.

     Mais tarde, a estrela debochou de sua equipe técnica:


         “Não é difícil ligar um ventilador, não sejam mesquinhos. Quando é que vocês me viram cantar sem o meu ventilador ligado?”

     Felizmente, o operador do ventilador sabia o que era melhor para ele e ligou o aparelho.

     O resulado foi, evidentemente fabuloso.

Fonte: The Sun

     Vamos e viemos eu adorei esses ataques de Diva dela, é bem cara de Mariah não adianta, eu nunca me cansarei de dizer: QUEM NASCEU DIVA, SEMPRE SERÁ DIVA.

    E Mariah sempre irá divar por toda a eternidade. INFINITY LOVE 
                 Por que Simplesmente: We Belong Together





No comments:

Post a Comment